REFUGIADOS

Ínicio / Refugiados

A CONDIÇÃO DE REFUGIADO

É incontável o número de pessoas que se veem obrigadas a evadir-se do seu país por temer a constante perseguição e violação de direitos humanos que lhes é feita. São muitos os motivos que levam a que isto aconteça, seja por questões raciais, de religião ou de nacionalidade ou por possuírem uma determinada opinião (nomeadamente política) que possam ser considerada ousada.
Apesar de não ser uma questão que o cidadão comum lide regularmente, esta é uma realidade que assombra diariamente milhões de pessoas ao redor do mundo.

OS REFUGIADOS EM PORTUGAL E NO MUNDO

No final de 2019 existiam 79.5 milhões de deslocados forçados em todo o mundo.

A Síria foi o país que mais gerou refugiados no mundo. Cerca de 824.400 pessoas foram forçadas a fugir dos conflitos que assolam o país.
No ano de 2015 deram entrada em território europeu, via Grécia e Itália, por mar e terra, mais de 1.300.000 requerentes de asilo e estima-se que tenham morrido na travessia no Mar Mediterrâneo mais de 3.700 pessoas.

SÃO VÁRIAS AS ORGANIZAÇÕES CRIADAS COM O OBJETIVO DE AJUDAR DESLOCADOS DE TODO O MUNDO, ENTRE AS QUAIS:

Plataforma de Apoio aos Refugiados   (aceder)
CPR - Conselho Português para os Refugiados   (aceder)
ACNUR - Agência das Nações Unidas para os Refugiados   (aceder)
Cruz Vermelha   (aceder)

ENTRE AS DIVERSAS FORMAS PELAS QUAIS PODE AJUDAR ESTAS PESSOAS ESTÃO:

Tornando-se Voluntário em iniciativas de intervenção.
Doando quantias em dinheiro, bens, ou comida.

Estes métodos podem ser acedidos através dos links de cada uma das organizações fornecidos na aba "ONG's ou Contactos de Referência"

79.5 MILHÕES
de deslocados
30 A 34 MILHÕES
são crianças
39.9 MILHÕES
regressam ao seu país de origem
107,800 MILHÕES
de reinstalados

NOTÍCIAS

Clique na imagem ou no título para ver a notícia na íntegra


  • Meet the New UI Design
    Portugal tem disponibilidade para acolher 550 refugiados

    "Até agora, o Alto Comissariado para as Migrações recebeu 31 respostas de organizações de acolhimento, "demonstrando a sua disponibilidade para apoiar, em áreas tão distintas como o acolhimento/alojamento, criação de postos de trabalho ou disponibilização de bens essenciais"."

  • A LOOK INSIDE THE Workspace
    Afeganistão: Refugiados acolhidos colaboraram com militares portugueses

    "A ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, revelou que os cidadãos afegãos que chegaram a Portugal são pessoas que tinham colaborado com as forças militares portuguesas ao longo dos últimos 20 anos."

  • Inspiration of UX design
    Grupo de 21 crianças e jovens de campos refugiados chegaram a Portugal

    "Iémen, República Democrática do Congo, Afeganistão, Venezuela, Sahel (África Ocidental), Etiópia, Sudão, Sudão do Sul, Síria e Haiti são os países e regiões mais atingidos."